Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Festival de Sines: Alentejo global


A 13ª edição do Festival Músicas do Mundo de Sines começou sexta feira e encheu de vida aquela localidade alentejana repetindo o ritual anual de encontro de várias tribos atraídas pela diversidade sonora.


Ao fim de três noites de música já temos os primeiros vencedores no palco principal do Castelo: Le Trio Joubran (Palestina), Cheikh Lô (Senegal, Secret Chiefs 3 (EUA) e o projecto Congotronics vs Rockers (R. D. Congo / EUA / Argentina / Suécia) já rubricaram a ouro os seus nomes na história do FMM 2011.

 

Estes destaques musicais já não surpreendem. É certo e sabido que das várias propostas musicais diárias há sempre concertos que nos enchem as medidas. Geralmente são experiências únicas pois não é fácil voltar a ver e ouvir sons tão diversos e distantes. Musicalmente este festival tem como característica satisfazer sempre a curiosidade de quem se entrega à descoberta de novos mundos musicais. Depois há aquelas actuações que se tornam lendárias de tão intensas que são tanto em palco como em ligação ao público. Se tivermos que escolher já um no rescaldo deste primeiro fim de semana elegemos a exuberante actuação dos Congotronics vs Rockers.

Para quem é leitor da revista Uncut, o artigo dedicado ao concerto dos Congotronics vs Rockers na Bélgica deixou a salivar pela visita ao Alentejo. O maior elogio que podemos fazer é que o concerto de sábado à noite ultrapassou em muito as expectativas criadas que já eram enormes. Música no seu estado puro, cruzamentos auditivos que nos estimulam a dançar até à última nota, uma multidão (com gente de muito bom gosto como Juana Molina) em palco sempre em alta rotação. Momentos que não têm preço.

 

Para os leitores que ano após ano ao lerem relatos como este ficam a pensar que qualquer dia têm de ir conhecer o FMM deixo aqui um simples desafio: vençam a preguiça!

É que não há muitos mais motivos além da preguiça para continuarem a adiar a experiência. O evento dura uma semana, mais pausa menos pausa, o que anula logo a desculpa da agenda cheia. É só escolher a noite mais oportuna para um salto a Sines. Não conte com alojamento porque nesta altura não vai encontrar, aposte em ir jantar uma feijoada de búzios no restaurante que fica na praia do norte (procure que vale a pena o esforço) e depois desloque-se para o Castelo de ouvido bem aberto e deixe-se surpreender.

Vai ter de comprar bilhete para entrar no recinto mas se achar que não pode gastar esse dinheiro não tem problema porque está no Festival mais democrático do país e quem quiser pode ficar do lado de fora das muralhas a ver os concertos em écrãs gigantes com colunas de som e tudo. Aliás, o ambiente fora do Castelo é tão ou mais quente daquele que se vive perto do palco tal é o número de pessoas que se concentram nos cafés, esplanadas e chão que rodeia o recinto. Isto tudo a pouco mais de uma hora de lisboa se viajar de carro.

 

Para os amantes do FMM já não há dúvidas esta é uma semana de férias bem alojados em Sines a aproveitar a praia de dia, a gastronomia local e a dançar madrugada fora, para muitos a melhor semana do ano.

Para quem está desmoralizado por já ter perdido os enormes concertos dos Congotronic Vs Rockers ou Cheikh Lô, por exemplo, há boas notícias; é que as noites de concertos regressam já na quarta-feira (dia 27) e vão ocupar o Castelo e a zona da praia até à manhã de domingo e há grandes nomes em agenda como a dupla jamaicana Sly & Robbie.

 

jjoaomcgoncalves@gmail.com

in Disco Digital

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D