Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Artistas reuniram-se para debater pirataria e tentar alterar a lei

Pela primeira vez em Portugal, mais de meia centena de artistas portugueses reuniram-se ontem no Teatro Maria Matos, em Lisboa, para discutir a pirataria de música na Internet. A iniciativa visa "alterar" a actual lei, com o director geral da Associação Fonográfica Portuguesa (AFP), Eduardo Simões, a considerar que "a legislação portuguesa pura e simplesmente não é respeitada" e que "a máquina judicial em relação aos problemas [da] Internet não funciona".

"É necessário outro enquadramento para esta matéria", indicou ainda o responsável aos jornalistas no final da reunião, que decorreu à porta fechada, Eduardo Simões, director geral da Associação Fonográfica Portuguesa (AFP), disse que do encontro saiu "a certeza de que há um problema enorme que é preciso resolver em relação à música portuguesa", um assunto em relação ao qual "muita gente tem uma opinião comum".

O director-geral da AFP disse que "é muito cedo para tirar conclusões", porque "foi o primeiro encontro deste género em Portugal". No entanto, sublinhou que "há um trabalho que já está iniciado e que vai continuar nas próximas semanas", remetendo para mais tarde a divulgação das iniciativas dos artistas em matéria de downloads ilegais de música.

"Há aqui uma série de pessoas interessadas em tratar deste problema e sabemos que as coisas não podem continuar como têm estado até aqui", reiterou.

Também o músico João Gil, que esteve na reunião, reconheceu que "há situações por definir" mas também que "há uma grande vontade em conseguir uma linguagem única". E exemplificou: "As pessoas não vão ao supermercado e trazem uma laranja ou banana na mão e assim não deve ser em relação à música."

João Gil sublinhou que esta não é uma luta para se fazer "com o cassetete na mão". "Cada um de nós é um comício, todos juntos seremos um comício muito grande. Lutámos e conseguimos alterar a Lei da Rádio", para que a música portuguesa tivesse mais expressão nas rádios, exemplificou.

Agora, defende o artista, "chegou o momento de alargar esta questão à Internet", mas "com bom senso, não com o cassetete na mão". João Gil apelou à mobilização dos artistas e da sociedade, "lutando por uma nova mentalidade, porque se trata de uma usurpação".

Entre os artistas que ontem estiveram na reunião que durou mais de duas horas no Teatro Maria Matos estiveram ainda Rita Red Shoes, João Pedro Pais, Jel, Miguel Ângelo, Nuno da Câmara Pereira, David Fonseca, Camané, entre outros.
n


Lusa

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D