Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Nasce Uma Nova Rádio

QUÍMICA FM
PAIXÃO, INDEPENDÊNCIA, MILITÂNCIA


No dia 1 de Setembro de 2006 nasce, no concelho de Cascais, um projecto de rádio ímpar no panorama actual da Grande Lisboa.
A Química FM, que emite em 105.4 FM, é um projecto financeira e esteticamente independente, motivado pelo prazer de fazer e ouvir rádio.
É uma rádio feita por pessoas, e não uma máquina de alinhar discos.
A Química FM ocupa, tanto fisicamente como no éter, o espaço que pertence à CSB Rádio.
Nasce, sobretudo, da vontade e da necessidade urgente de devolver à área da Grande Lisboa o amor pela rádio feita por gente apaixonada por música e pela nobre arte de comunicar.
Nasce, desde logo, desalinhada da ditadura da formatação que se abateu sobre o espectro radiofónico nacional.

Na Química FM não há playlists.
O que há, acima de tudo, é a música que melómanos de longa data – entre músicos, DJs e jornalistas – acumularam e continuam a acumular nas suas colecções.
É, por isso, uma rádio feita com os mesmos critérios com que minuciosamente se constrói uma discoteca caseira.

Na Química FM haverá pop, haverá electrónica, haverá as chamadas músicas do mundo, haverá jazz, haverá espaço para experiências sónicas, haverá reggae e, naturalmente, haverá atenção sobre a produção portuguesa.
Sempre, e aí reside o maior trunfo desta rádio, com os olhos postos naquilo que não é óbvio, naquilo que não é debitado em larga escala pelos órgãos de comunicação actualmente existentes.

A Química FM não é escrava de estudos de mercado nem de auditorias inconsequentes.
É, isso sim, o espelho do que de mais relevante e pungente foi e continua a ser produzido dentro de um universo que se convencionou chamar de alternativo.
A grelha da Química FM é o alinhamento de pessoas “reais” ao longo do dia e da semana.
É o alinhamento de programas mais generalistas e de uma considerável dose de programas de autor, a área onde toda a História da rádio sempre conheceu maior criatividade.

A Química FM não é transgressora por sê-lo, não vive com uma atitude gratuíta de confronto.
Se se mostra desalinhada é porque, ao longo dos anos, o panorama radiofónico português se encaminhou para um estado vegetativo de normalização.
Além da música, que é a figura central da actividade da Química FM, abre-se igualmente espaço para a informação.
Sem sobrecarga, sem um peso insustentável, mas devidamente doseada e dividida em espaços ao longo do dia.
À informação generalista juntar-se-á uma importante componente de informação cultural.

Na Química FM, a cultura não é um monstro assustador e anafado, mas um objecto de prazer genuíno.
A partir de 1 de Setembro, a Grande Lisboa passa a ter uma alternativa real ao tom monocórdico que caracteriza o espectro radiofónico.
Passa a ter uma rádio com gente dentro.

A Condução Eléctrica, A Indução Magnética, A Recepção Simbiótica estão activadas no laboratório da Química em 105.4 FM.

Química FM
Agosto 2006

5 comentários

Comentar post

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D