Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

FMM Sines - penúltima noite

Na penúltima noite do FMM Sines o Castelo voltou a esgotar a sua lotação para uma noite de sexta feira dominada pelos ambientes instrumentais numa viagem India - Brasil que começou na Polónia.

Só em Sines é possível reunir mais de 7 mil pessoas dentro ( e fora ) das muralhas do Castelo em ambiente de paz e total recepção às sonoridades vindas de pontos tão diferentes quanto distantes. Mas este quadro repete-se ano após ano e sempre com o entusiasmo em alto. O Disco Digital falou com espectadores vindos de diferentes cidades do país com o único propósito de assistir ao último fim de semana do FMM. Ninguém sai defraudado, a experiência é recompensadora.

Bastava olhar para as primeiras filas de uma plateia hipnotizada pela slide-guitar de Debashish Bhattacharya. Sons da Índia em formato original onde duas senhoras brilham não só com os seus tradicionais trajes como nas percussões tradicionais. Uma viagem instrumental que nos remete para a Índia mas com pontos de passagem que o nosso ouvido reconhece por vezes até como sendo sons nossos.

Poucos minutos depois da mensagem tranquila do mestre Bhattacharya, estavam em palco os surpreendentes músicos de Cyro Baptista. É nestas alturas que o escriba sente que lhe falta vocabulário para descrever o que se vive naquele palco. Cyro Baptista Beat the Donkey é um projecto do brasileiro Cyro, a viver há muitos anos nos E.U.A., que é uma autêntica locomotiva de percussão que percorre todos os cantos do planeta de forma espectacular. Muito ritmo, muito humor, e música que contagia todo o Castelo. Eles aceleram e o público salta, eles abrandam e o povo abana as ancas. Um dos espectáculos mais ricos em ritmo que Sines já viveu. Inesquecíveis "pau na mula".

A noite no Castelo tinha aberto com os Warsaw Village Band, banda polaca com algum culto já entre nós. Visitaram Sines numa nova fase da sua carreira em que apresentaram o seu disco «Infinity», do ano passado, composto só de canções originais, largando as transformações das canções tradicionais. Passara com distinção pelo público de Sines.

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D