Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Alive!09 - O Balanço Final



Recinto


Pelo terceiro ano seguido o Festival viveu em Algés num terreno plano que facilita a mobilidade e visão dos palcos. Em 2009 o espaço foi revisto, aumento, e melhorado. Destaque para a inclusão de um terceiro palco entre o principal e secundário. Foi aposta ganha e a divulgação do projecto Optimus Discos funcionou muito bem.
O mapa do recinto foi idêntico ao que já conhecíamos das duas primeiras edições. O espaço de imprensa , por exemplo, sofreu algumas melhorias como uma varanda para ver o palco.
De destacar na restauração os hambúrgueres da barraca alentejana.

Horários e meteorologia

Impressionante cumprimento de horários em todos os palcos seguindo a agenda que vinha com o passe da comunicação social. Salvo raras excepções começou tudo a horas. Não houve cancelamentos de última hora nem alterações sendo um ponto muito positivo para a organização. O tempo esteve óptimos à luz do dia, mas à noite o vento teimoso incomodava mais que a descida de temperatura, e fez muito pó pelo ar.

Palco Principal

Melhores - Mastodon, Lamb of God, os verdadeiros pesos pesados do primeira dia. Slipknot com um regresso bem conseguido, e os eternos Metallica que não desiludiram a sua enorme legião de fãs. Os Prodigy confirmaram o regresso à boa forma, Chris Cornell a lutar para voltar às raízes, e o inesquecível concerto de Dave Matthews Band.

Piores - Placebo, The Kooks, e Black Eyed Peas não convenceram em palco, e os Eagles of Death Metal que não convenceram Josh Homme a vir com eles tocar em Lisboa.

Palco Secundário

Muita atenção ao fenómeno do palco Super Bock: a enorme tenda sempre bem composta de público transforma o Alive! num dois em um. É que a cada edição que passa é visível que este espaço tem o seu próprio público e vive já de forma independente em relação ao cartaz principal. Isto ajuda a explicar a subida dos números oficiais de presenças no Festival. O cartaz trouxe até nós algumas das mais promissoras bandas, principalmente, do Reino Unido.
Entre algumas bandas já consagradas, e esperanças destaca-se:
Tv on The Radio, Klaxons, Crystal Castles, The Gaslight Anthem, Hadouken!, Does it Offend You , Yeah?, The Ting Tings, A Silent Film, Los Campesinos!, Autokratz, e Lyjje Li.
A luta pelo melhor do festival é entre Tv on The Radio, The Gaslight Anthem, Hadouken!,e Los Campesinos!.

Palco Optimus Discos

Todas as bandas que editaram ep's coordenados por Henrique Amaro, sempre presente na tenda apesar da grave lesão no pé, aproveitaram bem a oportunidade para promoverem a sua música.
Destaque para Mazgani, The Bombazines, Vicious Five, Bezegol com o seu reggae, Dj Ride, Olive Tree Dance e Linda Martini.
Uma palavra também para os Dj's que encerraram as noites, em especial para Mr. Mitsuhirato que terminou mal a noite da sua actuação já que foi vítima de assalto de madrugada no Cais do Sodré e ficou sem as malas dos discos que levava.

Exposição de Fotos da Rita Carmo

Muito importante o destaque dado pela organização a uma tenda da responsabilidade da LG onde se podiam ver fotos escolhidas pela fotógrafa Rita Carmo num resumo do seu trabalho nos últimos anos.

Foram três dias cheios de música bem passados sem problemas de maior com mais de 110 mil pessoas que estiveram à beira Tejo nos 3 dias. Para o ano há mais.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D