Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

A Secção de Música do DOCLISBOA Que Arranca esta Semana

banner-site-870x210-v01-1-870x210.jpg

Filmes construídos em forte ligação com a música e as artes performativas. Esta secção apresenta em diálogo filmes contemporâneos e históricos, trazendo ao público uma enorme diversidade de propostas.

 

Os Daft Punk venderam doze milhões de álbuns e ganharam sete prémios Grammy. O filme revela uma dupla de artistas numa busca permanente de criatividade, independência e liberdade, conjugando material de arquivo raro e entrevistas exclusivas aos seus colaboradores mais próximos, incluindo Pharrell Williams, Giorgio Moroder, Nile Rodgers e Michel Gondry.

“In the Ocean”, uma das propostas do realizador Frank Scheffer, o filme empenha-se em explicar o quadro complexo da música contemporânea dos últimos trinta anos e explora a relação entre compositores americanos e europeus e a forma como se vêem e influenciam uns aos outros. Conta com a cooperação de músicos que nunca antes apareceram no mesmo filme, Steve Reich, Brian Eno, Louis Andriessen, Philip Glass e Bang on a Can.

PROGRAMAÇÃO HEART BEAT

Brad Mehldau, Nicolas Klotz, França, 56’, 1999
Celeste, Diogo Varela Silva, Portugal, 59’, 2015 | Estreia Mundial
Copla, Gonzalo García Pelayo, Espanha, 77’, 2015 | Estreia Mundial
Daft Punk Unchained, Hervé Martin‑Delpierre, França, 85’, 2015 | Estreia Internacional
Erbarme Dich: Matthäus Passion Stories (Erbarme Dich: Mathhew Passion Stories), Ramón Gieling, Holanda, 99’, 2015
Frank Zappa: Phase II – The Big Note, Frank Scheffer, Holanda, 90’, 2002
In the Ocean, Frank Scheffer, Holanda, 54’, 2001
La Cérémonie (The Ceremony), Lina Mannheimer, Suécia, França, 74’, 2014
La Scuola d’estate (The Summer School), Jacopo Quadri, Itália, 87’, 2014
La Tragédie de Carmen (The Tragedy of Carmen), Peter Brook, França, 85’, 1983
Listen to Me Marlon, Stevan Riley, Reino Unido, 102’, 2015 Estreia Europeia
Llik Your Idols, Angélique Bosio, França, 69’, 2007
Ornette: Made in America, Shirley Clarke, EUA, 85’, 1985
Phil Mendrix, Paulo Abreu, Portugal, 70’, 2015 Estreia Mundial
Porque não sou o Giacometti do Século XXI (…because I am not the Estreia Mundial 21st century’s Giacometti), Tiago Pereira, Portugal, 50’, 2015
Robert Wyatt, Part I, Nicolas Klotz, França, 30’, 1992
Sommergäste (Summer Folk), Peter Stein, Alemanha, 115’, 1975
Sonic Acts, Frank Scheffer, Holanda, 60’, 1998
The One All Alone, Frank Scheffer, Holanda, 90’, 2009
They will have to kill us first: Malian music in exile, Johanna Schwartz, Reino Unido, Mali, 100’, 2015
Wenn aus dem Himmel (Quando dal cielo), Fabrizio Ferraro, Itália, Estreia Internacional 93’, 2015

Consulta aqui os horários e aqui os preços dos bilhetes.

Portugal Festival Awards: A Votos

2015_10_18_PTFA_CARTAZ_ticketline-01.png

Na edição anterior dos Portugal Festival Awards, a lista de candidatos tinha um total de 106 participantes. Hoje, a menos de um mês do anúncio oficial dos vencedores, são já 140. Se a essa informação acrescentarmos que pelos palcos portugueses passaram 2,3 milhões de espectadores, a terceira edição dos prémios nacionais de festivais ganha uma nova dimensão.



Vão ser esses fãs que, a partir de 19 de outubro, vão poder ajudar a eleger os vencedores através de uma votação online. A decisão fica também a cargo de um painel de jurados que inclui artistas como o Zé Pedro dos Xutos & Pontapés, Tó Trips dos Dead Combo e Hélio Morais dos Linda Martini, e especialistas da área como Nuno Calado, da Antena 3, ou Pedro Ramos, da Radar.

A gala dos Portugal Festival Awards tem data marcada para 17 de novembro, no Cinema São Jorge, em Lisboa. Por lá vão passar também os nomeados portugueses para Melhor Atuação ao Vivo de Artista Revelação (Da Chick, Duquesa, Golden Slumbers, Isaura e Thunder & Co.) e a The West European Symphony Orchestra.

Vodafone Mexefest | Roots Manuva, Nicolas Godin, Cachupa Psicadélica, Janeiro

12088321_1048097485231163_578294038381173193_n.png

Roots Manuva em estreia absoluta em Portugal, Nicolas Godin dos Air com o seu requintado projeto a solo, o português Janeiro e a fusão com os sons cabo-verdianos de Cachupa Psicadélica são quatro novas confirmações que tornam o cartaz de 2015 do Vodafone Mexefest ainda mais rico, sempre com distinção, criatividade e qualidade como denominadores comuns.

Cartaz Completo bomPorto - concerto pelos refugiados

18896827_4gOyl.jpeg

 

A Sister Ray organiza e apresenta no domingo, dia 25, o concerto bomPorto, que tem por objetivo sensibilizar a opinião pública e angariar fundos para apoiar o acolhimento de refugiados na cidade do Porto e no país.

O bomPorto reúne 25 projetos musicais dos mais variados géneros, do Jazz ao Experimental, do Fado à Música Africana, da Eletrónica ao Drum’n’Bass, do Folk ao Soul, do Rock ao Pop, ao Rap e Hip Hop, no que serão 9 horas ininterruptas de concertos, com a garra de quem dá a cara pelo que acredita.

Alex FX, Ana Deus, Blind Zero, Carbon com emmy Curl, Peixe e Manuel Molarinho, Carla Starla, Desligado, Eat Bear, Fat Cap, Ghosts of Port Royal, H2O, Helena Sarmento, José Valente, Kiko & the Jazz Refugees, Malcontent, Marquês Jam Trio, Mundo Secreto, O Incrível Homem Bomba, Olavo Lüpia, Old Jerusalem, Our New Lie, Peter De Cuyper, Plax Vaz & Kriol’Art, Rated With An X, The Weatherman e The Wild Booze são os nomes que se farão ouvir contra o racismo e contra a xenofobia, pela compreensão, pela generosidade e pela fraternidade sem distinções.

 

Além da música, o bomPorto conta também com uma componente visual de Vjing em liveact pelo internacionalmente premiado Pixel Bitch, com a venda solidária de obras da artista plástica Manuela São Simão e ainda com intervenções de Pedro Chagas Freitas, Ricardo Alexandre e Rui Spranger.

A apresentação das bandas estará a cargo de Isidro Lisboa e de outros profissionais ligados igualmente à Rádio Nova. Os concertos acontecerão alternadamente nas salas 1 e 2, com início às 16h00 até à 1h00 da madrugada.

A abertura de portas dar-se-á às 15h30 e o acesso e a circulação do público será mediante aquisição de uma pulseira, pelo preço mínimo de 10 €, podendo o público aproveitar para efetuar donativos acima desse valor.

As receitas de bilheteira deste concerto reverterão, na íntegra, para o Conselho Português para os Refugiados, que a par da Câmara Municipal do Porto e da PortoLazer, apoia esta iniciativa.

As pulseiras estarão à venda a partir de terça-feira, dia 20, na bilheteira do Hard Club, a funcionar entre as 17h00 e as 20h00.

Bilhetes Para U2 em Portugal à Venda Ainda Este Ano

 5049339774_9b53e24f8c_b.jpg

 

Informa a Blitz que os bilhetes para os U2 em Portugal, em julho de 2016, serão colocados à venda nos próximos meses de novembro ou dezembro.

Os U2 regressam a Portugal em julho de 2016, tal como a BLITZ anunciou em primeira mão e os ingressos para o concerto serão colocados à venda ainda durante este ano, confirmou Nuno Braamcamp, da promotora R&B.

O responsável pelo regresso de Bono e companhia a Portugal não pode, porém, anunciar onde irá ter lugar o evento. Recorde-se que na altura em que a BLITZ confirmou este espectáculo ainda subsistiam dúvidas se o mesmo terá lugar no Estádio de Alvalade ou na Meo Arena. "Ainda não estamos autorizados a divulgar", disse.

Quanto ao número de concertos, Nuno Braamcamp foi mais peremptório: "vamos começar por um", o que indicia que, de acordo com o andamento da venda de bilhetes possam existir mais datas.

Recorde-se que em maio de 2016 tem lugar mais uma edição do Rock in Rio.

«The River» de Bruce Springsteen reeditado em caixa com inéditos

The-River-box-package-shot-2-500x333.jpg

 

«The Ties That Bind: The River Collection» traz o duplo álbum original, incluindo «The River: Single Album», uma colecção de dez canções de 1979 que nunca viu a luz do dia. A caixa junta ainda sobras de estúdio («The River: Outtakes»), um duplo DVD com um concerto inédito e novas imagens editadas de um concerto de 1980 em Tempe no Arizona.

A edição de coleccionador traz ainda imagens raras dos ensaios para a digressão, o documentário «The Ties That Bind» e um livro com 200 fotos e memorabilia. Mikal Gilmore escreveu um ensaio sobre «The River» e Bruce Springsteen renovou o ponto de vista sobre o álbum. 
 
Para rematar, a edição inclui a crítica da Rolling Stone. A reedição está agendada para 4 de Dezembro e o alinhamento completo pode ser encontrado aqui

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D