Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Tinariwen em Vila do Conde


Os Tinariwen têm concerto agendado para o Teatro Municipal de Vila do Conde a 4 de Outubro.

A banda vem apresentar o novo álbum «Tassli». Nele participam Nels Cline (Wilco), Tunde Adebimpe e Kyp Malone (TV On The Radio) e a Dirty Dozen Brass Band.

O espectáculo está integrado no projecto Estaleiro. O preço dos bilhetes varia entre os 16 e os 18 euros.

Washed Out no Lux a 9 de Novembro

 

Os Washed Out vão dar um concerto no Lux a 9 de Novembro.

A notícia é avançada no Facebook da discoteca de Santa Apolónia. Os Washed Out estiveram no verão que agora termina no festival Milhões de Festa.

Símbolos da chillwave, os Washed Out editaram «Within and Without» já este anp. «Amor Fati» é o novo single.

 

in Disco Digital

Panda Bear regressa ao Lux em Novembro

Panda Bear vai voltar a uma sala que já conhece: a do Lux, onde deu dois concertos a solo em 2010.

Em 2008, havia pisado pela primeira vez o palco da discoteca de Santa Apolónia, mas com os Animal Collective. Agora, traz o novo álbum em nome próprio, «Tomboy», a Lisboa, avança o suplemento Ípsilon do jornal Público.

O concerto está marcado para 25 de Novembro, integrado na noite Green Ray, que ciclicamente se repete no Lux. Também confirmado está Ricardo Villalobos, este na qualidade de DJ.

Em Outubro, a noite Green Ray fica por conta de Carl Craig, Pearson Sound (Ramadanman), Francesco Tristano e Andrew Weatherall. As actuações estão marcadas para dia 7.

 

in disco digital

Jorge Palma com novo disco em Outubro

O novo álbum de Jorge Palma tem como título «Com Todo o Respeito» e data de saída marcada para 24 de Outubro.

Três dias depois, o disco é apresentado na sala TMN Ao Vivo. O primeiro avanço, «Página em Branco», é revelado esta terça-feira no Facebook do músico, a partir das 12h00.

São convidados os Demitidos (banda que vem acompanhando Jorge Palma nos últimos anos) Cristina Branco, Flak (responsável pela produção), Carlos Barreto, Carlos Bica e Bruno Vasconcelos. Carlos Tê escreveu uma letra e José Luís Peixoto outra.

 

in disco digital

Peark Jam Twenty - Alguns Bilhetes Ainda Disponíveis

Em honra do 20º aniversário dos Pearl Jam, Cameron Crowe, realizador galardoado com um óscar e jornalista de música, criou o retrato definitivo da seminal banda de Seattle através da visualização de mais de 1200 horas de imagens raras e nunca antes vistas, mais 24 horas de imagens ao vivo recentes e entrevistas à banda. PEARL JAM TWENTY retrata os anos que levaram à formação da banda, o caos que se seguiu à ascensão ao estrelato mundial, o passo que deram atrás e a criação de uma cultura de trabalho que os suporta.

Parte filme concerto, parte visita aos bastidores, parte testemunho do poder da música e de artistas intransigentes, o filem celebra a liberdade que permitiu aos Pearl Jam seguirem um caminho sem perder de vista o mais importante para eles - os fãs deles e os fãs de música, como eles sempre foram. PEARL JAM TWENTY inclui entrevistas com os membros originais da banda, Jeff Ament, Stone Gossard, Mike McCready e Eddie Vedder, com o baterista Matt Cameron e com Chris Chornell, amigo e vocalista/guitarrista dos Soundgarden. Inclui ainda imagens ao vivo e entrevistas, de arquivo, de Mother Love Bone, Pearl Jam, Temple of the Dog, Kurt Cobain e Neil Young.

Não perca a experiência de ver este filme numa sala de cinema!


Bilhetes ainda disponíveis em: www.pj20.com/screenings

 

 

Veja aqui o trailer oficial: youtu.be/GzI8OhR0IVY 

 

Também disponível dia 20 de Setembro a Banda Sonora original, um duplo CD que inclui 29 músicas raras e nunca editadas escolhidas pessoalmente pelo realizador Cameron Crowe.

 

A acompanhar o filme e a banda sonora, está já disponível o livro PEARL JAM TWENTY - um retrato das duas décadas dos Pearl Jam, com imagens inéditas e prefácio de Cameron Crowe.

 

Mais informações em: www.pj20.com.

Anna Calvi no Lux: Mulher de vermelho


Por: Davide Pinheiro (Disco Digital)


Pela primeira vez em nome próprio, Anna Calvi deu continuidade ao impacto causado pelo álbum de estreia e subsequente estreia no Optimus Alive com um concerto eficaz e intenso.

A lotação esgotada do Lux foi o primeiro passo para uma conclusão que se iria reflectir ao longo do primeiro concerto de Anna Calvi em nome próprio em Portugal: numa sala mais espaçosa como a Aula Magna, não se perderia alguma da intensidade que a sua música transmite.

Trajada de casaco vermelho estilo tauromáquico, como no Optimus Alive, e apenas acompanhada por um baterista e uma multi-instrumentista, Calvi é uma mulher de contrastes que tanto aborda o microfone com timidez na hora de falar, como a seguir solta rajadas de energia da voz e dos dedos.

Além de uma óptima cantora, é belíssima guitarrista, sem excessos de virtuosismo ou salamaleques instrumentais. No Lux, Anna Calvi deu continuidade ao concerto certeiro do Optimus Alive, ainda que a energia que emana da sua presença se tenha perdido ligeiramente na densidade humana.

Falar-se num acontecimento é pecar por exagero - e aí as associações a Patti Smith, PJ Harvey ou Jimi Hendrix podem ser um peso excesso - mas que o futuro será ainda mais brilhante, não restam grandes dúvidas. Porque quem escreve canções como «Desire» e «Jezebel» só pode ir para melhor.

 

davidevasconcelos@gmail.com 

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D