Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Alive Dia 1 - Lançamento do Palco Sagres Mini

Sem dúvida que o grande momento está marcado para lá da 1 da manhã. Vamos ter festa garantida com a presença Shantel & Bucovina Club Orkestar. Festa cigana dos lados da Sérvia que vai lançar som suficiente para o recinto de Algés dançar até não aguentar mais. Simples amostra do que nos espera:


Também alguma expectativa para vermos como funciona ao vivo o rock pop sempre refrescante da Suécia, neste caso representado pelos The Sounds, com a sua louríssima vocalista Maja Invarsson a captar todas as atenções. Momentos bem passados esperam-se ao som de canções como esta:


De Londres chegam os The Rakes. Mais uns rapazes para darem uso à palavra The. Deram nas vistas com o disco de 2005 Capture/Release. Aqui fica uma amostra:


Bem menos interessantes devem ser os primeiros dois concertos da tarde. Unkle Bob são uma banda escocesa mais conhecida pelo single By My Side popularizado na série de tv Grey's Anatomy.
Os primeiros a pisarem este palco serão os portugueses OIOAI com a sua pop de letras supostamente cómicas. Só para pareciadores.

Alive Dia 1 - Lançamento do Palco Principal

Já se sabe que os mais aguardados da noite são os Pearl Jam. Adivinha-se nova enchente para o 6º concerto de Vedder e companhia. Dispensam grandes apresentações mesmo porque nem há material novo para explorar. É o primeiro concerto desta nova tour europeia, e prevê-se um formato "best of" em ambiente de consagração.

Numa faixa etária entre os admiradores da banda de Seattle, e os seus filhos, estão os fãs dos Likin Park que hoje terão a oportunidade de ver e ouvir o primeiro trabalho de originais em 4 anos ao vivo. Aquilo que já foi o nu metal é agora mais ouvido em programas de wrestling, por exemplo. Aqui fica o videoclip para um dos singles do novo álbum, What I've Done:


Apresentar os Blasted Mechanism também já não é necessário. Com disco novo para apresentar em palco, e já com muitas horas de rodagem em festivais deste género, o concerto dos Blasted adivinha-se como uma das grandes atracções para pôr o povo aos saltos.

Os The Used não foram "atirados" para as 18h30 por acaso. Serão a proposta menos interessante deste primeiro dia. Algures entre o novo rock negro que os My Chemical Romance representam, o que não é nada entusiasmante, os The Used estão cá para apresentar o 4º disco de originais que acabam de lançar. Não se espera grande coisa desta banda americana oriunda do Utah. Aqui fica uma amostra da (pobre) música dos The Used, single retirado do novo disco:

Os 40 Anos de Sgt. Peppers Por quem sabe

Reproduz-se aqui o texto que o amigo Luís Pinheiro de Almeida publicou no JN:

Não há na história da música popular contemporânea outro disco como "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", dos Beatles é único, inimitável e irrepetível, concita em si todos os encómios que se podem dedicar a uma criação artística.

"Sgt. Pepper" - como é comummente tratado - foi originalmente editado no dia 1 de Junho de 1967, coleccionando desde então todos os galardões existentes, o mais apetecido dos quais é certamente o de "melhor álbum de sempre".

As características únicas de "Sgt. Pepper", oitavo álbum de originais da carreira de oito anos dos Beatles, entre 1962 e 1970, são reconhecidas unanimemente não só pelo público e pela crítica, mas também pela própria comunidade musical.

No ano da edição, em 1967, "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" ganhou os principais Grammy, os Oscar da música, como o "melhor álbum do ano", o "melhor álbum contemporâneo", a "melhor capa" e a "melhor engenharia de som".

Numa atitude só explicável pelo "marketing" inoportuno, Paul McCartney,um dos grandes responsáveis por "Sgt. Pepper", optou por silenciar a efeméride, preferindo promover o seu novo álbum, "Memory almost full", cuja edição foi estrategicamente marcada para o período em que todo o Mundo fala dos Beatles.

A decisão de gravar "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" surgiu em 1966, depois de os Beatles terem desistido dos concertos. Argumentaram, então, que iriam dedicar-se às gravações de estúdio, em detrimento dos espectáculos onde a "beatlemania" impedia a audição do som de palco.

As gravações em Abbey Road começaram logo em Dezembro de 1966, no dia 10, e imediatamente duas canções, "Penny lane" e "Strawberry fields forever", foram retiradas do contexto para ser editadas como single (primeiro single da história da música com dupla face A), em Fevereiro de 1967.

Após mais de 700 horas de estúdio e um custo de 25 mil libras (uma verba astronómica para a época), o álbum, registado numa simples máquina de quatro pistas, acabou de ser gravado no dia 2 de Abril de 1967. A estreia radiofónica ocorreu às 17 horas do dia 12 de Maio de 1967, na rádio London, então rádio-pirata. Quando foi colocado no mercado no dia 1 de Junho de 1967, "Sgt. Pepper" bateu todos os recordes de venda.

Em pouco menos de 40 minutos, estão condensadas 13 das mais famosas e mais conhecidas canções de todo o Mundo "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", "With a little help from my friends", "Lucy in the sky with diamonds", "Getting better", "Fixing a hole", "She's leaving home", "Being for the benefit of Mr. Kite!", "Within you without you", "When I'm sixty-four", "Lovely Rita", "Good morning good morning", "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (reprise)" e "A day in the life".

Os Beatles nunca tocaram o álbum ao vivo, mas desde 1989 que Paul McCartney inclui "Sgt. Pepper" nos seus concertos para gáudio das multidões.

Apesar de todas as loas e dos progressos alcançados, os próprios Beatles não consideravam "Sgt. Pepper" a sua melhor obra.

Resume Ringo Starr "Não renego "Sgt. Pepper", mas como músico prefiro "Revolver".

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D