Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Sharon Van Etten no Lux: Super Tramp

foto de Patrícia Rosa


por: João Gonçalves - Disco Digital


Um dos melhores discos que 2012 chama-se «Tramp» e é assinado por Sharon Van Etten. No Lux vimos que há muita boa gente em Lisboa que pensa da mesma forma e quis ver como é que Sharon defendia as suas canções em palco. A experiência foi óptima!

 

A canção «Serpents» é daquelas que entra nas nossas vidas sem pedir licença. Mas sabemos que vem para ficar e graças a ela vamos atrás da história de quem a criou para descobrir o que mais há para ouvir. Assim se chega facilmente a «Tramp», bonito disco deste ano assinado por Sharon Van Etten. (Os mais atentos já a vinham acompanhando desde 2009, altura em que editou «Because I Was in Love», e assistiram à entrada de Sharon no círculo de amigos dos The National, por exemplo).

 

Reza a lenda que foi a canção "«Love More», do segundo disco «Epic» de 2010, que chamou a atenção ilustres nomes como Bon Iver, Zach Condon (Beirut) ou Aaron Dessner (The National ) que se aproximaram de Sharon ajudando-a a editar novamente este ano.

 

Na plateia do Lux, o currículo de Van Etten era bem conhecido e arriscamos dizer que a maior parte daquele público também costuma marcar presença nos concertos dos National. Está bom de ver que a cantora se sentiu em casa e partiu para uma actuação tão convicente quanto simpática. A capa, os vídeos, a sonoridade das canções que descobrimos em «Tramp» deixavam adivinhar uma figura mais cinzenta, um ambiente mais escuro, algo mais discreto. Mas a realidade é que Sharon se revela amistosaa, bem disposta e que do alto dos seus 31 anos está feliz por actuar num local em que nunca tinha estado e sentir que tem ali fãs criando um excelente e genuíno ambiente.

 

As canções em palco não só confirmam a registada em disco como até ganham nova dinâmica tal é a qualidade vocal de Sharon e a competência instrumental da sua banda. Algumas das melhores canções deste ano foram ali apreciadas no momento certo, «Serpents» e «All I Can» servem de exemplo, e até houve um final estrondoso e ruidoso para uma «I´m Wrong» que parecia ser inofensiva e acabou de forma arrebatadora.

 

jjoaomcgoncalves@gmail.com

Michael Kiwanuka, Django Django e The 2 Bears no Vodafone Mexefest

O festival de música Vodafone Mexefest regressa a Lisboa, nos dias 7 e 8 de Dezembro, para revelar novas tendências e fazer mexer a cidade com o melhor da nova música nacional e internacional.

 

Os primeiros nomes do cartaz deste ano são Michael Kiwanuka, Django Django, Gala Drop, Escort e The 2 Bears. A restante programação será conhecida muito brevemente.

 

Os bilhetes para o Vodafone Mexefest mantêm-se nos 40 euros e dão acesso a todos os concertos dos dois dias do festival, em todas as salas.

Sugestão Para Hoje: MINTA & THE BROOK TROUT lançamento de "OLYMPIA"




download Olympia at optimus discos
(optimusdiscos.pt/discos/artistoptimusdiscos/olympia)




22h
Entrada/Donativo : 7€
Entrada + CD : 10€

RESERVAS : reservas.emcn@gmail.com

Rua dos Caetanos, 29
1249-115 Lisboa

com a participação especial de um magnífico coro composto por Salvador Menezes e Afonso Cabral (You Can't Win, Charlie Brown) e Madalena Palmeirm (Nome Comum).

metade do valor das entradas reverte a favor das obras de recuperação do Salão Nobre do Conservatório.

Pág. 1/3

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

grandes sons de 2017

agenda

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D