Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Fleet Foxes no Alive

O dia 8 de Julho do Optimus Alive'11 vai ficar marcado pela estreia em Portugal de uma das mais elogiadas bandas a surgir no final da década passada, Fleet Foxes. O quinteto de Seattle editou em 2008 o disco de estreia, homónimo, e rapidamente se tornou num fenómeno de culto em Portugal.

Sufjan Stevens volta a Portugal


Sufjan Stevens está de regresso a Portugal depois de há alguns anos ter passado pelo Festival para Gente Sentada.

Os concertos são anunciados na página da editora Ashtmatic Kitty e estão marcados para 30 e 31 de Maio, respectivamente nos coliseus de Porto e Lisboa. Os bilhetes custam 34 euros e a primeira parte será assegurada por DM Stith.

Sufjan Stevens está de regresso a palcos europeus com o novo álbum «The Age of Adz», do ano passado.

 

in Disco Digital

Sharon Jones e Mayer Hawthorne de Regresso a Portugal

 

Vai acontecer no Cool Jazz Fest , Jones actua no Parque Marechal Carmona, em Cascais, a 4 de Julho, sendo que Hawthorne passa pelo mesmo local, três dias depois.

 

Recorde-se que os dois artistas estiveram em Portugal no ano passado, para a edição 2010 do festival Super Bock Super Rock.

 

Também confirmados na edição 2011 do Cool Jazz Fest estão Jamie Cullum, que sobe ao palco do Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, a 29 de Junho; e Maria Schneider, que actua a 23 de Julho no Parque Palmela, também em Cascais.

O concerto de Jamie Cullum tem início às 22h00, sendo que os respectivos bilhetes custam entre €25 e €55. Já o espectáculo de Maria Schneider, que se apresenta com a Orquestra Jazz de Matosinhos, tem início às 22h00, sendo que os respectivos bilhetes custam entre €28 e €35.

Katy Perry no Campo Pequeno: Miúdos e graúdos

foto: José Sena Goulão/Lusa
texto: João Gonçalves


Lisboa teve o privilégio de ser a primeira de noventa e cinco cidades a conhecer a nova digressão de Katy Perry. Para quem já tinha estado no mesmo local há dois anos e resolveu repetir a dose, a noite foi de recompensa porque este concerto superou em tudo o anterior deixando em extâse a juvenil plateia que esgotou a Praça de Touros do Campo Pequeno.

A senhora Katheryn, sim já tem 26 anos, interpreta com uma mestria tal a personagem Katy Perry que está à vontade no top cinco das maiores figuras pop da actualidade. Em palco recupera universo juvenil com uma ponta de rebeldia não disfarçada; fora desse contexto controla muito bem a sua imagem de sex symbol apimentada com histórias que fazem as delícias da imprensa cor de rosa. É, pois, uma estrela global que resolveu abrir a sua digressão em Lisboa.

 

Tal como tinha prometido nos últimos dias via Twitter, a noite foi de arromba fazendo as delícias de miúdos e graúdos, e não estamos a falar dos treinadores rivais de Porto e Benfica.

 

O concerto da The California Dreams Tour é muito mais do que isso. Para sermos mais exactos é o desfile de dezenas de telediscos produzidos em tempo real que acabam por se revelar num grandioso musical de ritmo e produção alucinantes.

 

Musicalmente não há muito a dizer: a fórmula vencedora de «One Of The Boys», o disco que apresentou há dois anos, é actualizada em «Teenage Dream» editado no ano passado e serve de banda sonora para uma noite em que cada canção é um novo capítulo de uma história sonhada e contada em três ecrãs gigantes de onde saem as personagens reproduzidas em palco.

 

O ritmo é frenético, dançarinos que tanto animam as coreografias como surpreendem em trapézios, o duo feminino do coro que tem direito a brilhar a solo, lançamento de rebuçados para a plateia, largada de bolas de sabão, confetis ou balões, raios lazer a hipnotizarem as bancadas, Katy a mudar de roupa umas quinze vezes sem demoras e até a cantar lá bem no alto sentada num trapézio.

O ambiente é de histeria com as crianças rendidas ao imaginário de Katy Perry onde nem falta um cheiro no ar de algodão doce que nos ajuda a entrar no filme.

 

Destaque para a transformação operada em «I Kissed The Girl» que começou a soar a clássico dos anos 20 para acelerar a caminho da versão original acabando em estilo de Richard Clayderman só com um piano em palco. As outras surpresas foram duas versões, uma para a aniversariante Rihanna com direito a dedicatória e a outra para «I Wanna Dance With Somebody» de Whitney Houston que fechou a noite.

Katy Perry escolheu este universo juvenil para desenvolver a sua personagem e há que lhe dar todo mérito pelo enorme espectáculo que conseguiu montar. Tão eficaz que os pais não se importam de ver as filhas assumirem a plenos pulmões que beijaram uma parceira de sexo. Assim sendo nota máxima para Miss Katy Perry!

 

in Disco Digital

jjoaomcgoncalves@gmail.com

Foals estreiam-se em Portugal no Alive

 

Os indie-rockers britânicos Foals actuam dia 9 de Julho no Palco Super Bock, do festival Optimus Alive, no passeio marítimo de Algés, em Oeiras.

Após editarem um par de singles que os colocaram debaixo do olhar atento de público e crítica, os Foals lançaram o primeiro álbum, "Antidotes", em 2008. O sucesso dos singles, "Ballons", "Cassius" e "Red Socks Pugie", levou o disco até ao terceiro lugar do top britânico. Em Maio do ano passado, a banda britânica editou "Total Life Forever", valeendo-lhes a primeira nomeação para o Mercury Prize Award.

Esta é a primeira vez que os Foals vêm a Portugal.

A banda junta-se assim a A-Trak, Blondie, Coldplay, Foo Fighters, Grinderman, Iggy and The Stooges, Kaiser Chiefs, Mona, Primal Scream Present Screamadelica Live, The Chemical Brothers, Thievery Corporation, Thirty Seconds to Mars, TV On The Radio, White Lies e Xutos e Pontapés.

O festival decorre entre entre 6 e 9 de Julho. Os bilhetes estão já à venda nos locais habituais e custam entre 50 euros (passe de um dia) e 129 euros (para os quatro). O passe de três dias (7, 8 e 9 de Julho, logo sem acesso ao dia em que tocam os Coldplay) custa 99 euros.

Pág. 1/5

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

grandes sons de 2017

agenda

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D