Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Festival Super Rock Super Bock Dia 1: Super Metallica!

À primeira chamada da 13ª edição do Super Rock a tribo metaleira respondeu com uma enchente espantosa no Parque Tejo! O facto de este ano só haver um palco faz com que os concertos comecem mais cedo, e já era bem visível pelas 18 horas que esta primeira noite ia ser concorrida. Podemos dizer sem exagerar que os Metallica tiveram uma primeira parte dividida por seis bandas, já que foram eles os reis absolutos da noite. A excepção foi a excelente actuação dos Mastodon.

No meio das vestimentas negras que povoavam o recinto algumas t-shirts dos Rolling Stones destacavam-se. A ligação entre públicos podia não parecer evidente à primeira vista, mas fazia todo o sentido.

Longe vão os tempos de desilusão entre fãs dos Metallica devido a polémicas como o Napster, ou a mudança sonora e estética por alturas de «Load» e «Reload». Hoje os Metallica são uma instuição respeitada, e admirada, por várias gerações que conhecem o trabalho deles desde a década de 80. Em 2007 os Metallica mostram-se confortáveis com o seu percurso, e sobem ao palco para um concerto de mais de 3 horas decididos a revisitar todos os cantos da sua discografia. Vão de «Kill' em All» a «Ride The Lightning» passando por «Master of Puppets», «... and Justice For All», e até aos discos mais recentes da década de 90.

O segredo está na visível motivação, e satisfação, com que a banda ataca os seus clássicos, especialmente os da década de 80, enquanto James Hetfield não se cansa de puxar por Lisboa com «Urahs!». A recta final do concerto é arrasadora! Enormes explosões introduzem «One», o hino de Black Album; «Enter Sandman» é recebido em euforia total com mais explosões à mistura, Lars Ulrich vai aparecendo nos ecrans laterais de rasgado sorriso em sinal de aprovação desta grande comunhão. Foi assim até «Seek and Destroy». São os Rolling Stones do heavy metal, daí que as camisolas da digressão dos Stones façam sentido.

Este foi o primeiro concerto desta Sick of the Studio Tour. Para quem quiser pode encomendar a gravação deste concerto no site LiveMetallica.com dentro de dias.

Para trás tinham ficado os concertos de Men Eater, More Than a Thousand, e The Blood Brothers, e uma passagem que deixou poucas saudades do guitarrista Joe Satriani com a sua guitarra que desafiou até aos limites a paciência dos festivaleiros.

Os Stone Sour actuaram ao anoitecer e gozaram de grande receptividade por parte da geração mais nova, talvez daqueles que despertaram para o metal à conta das baladas de «Black Album» dos Metallica... Convenceram os seus admiradores, mas não justificaram de maneira nenhuma mais elogios que os Mastodon.

Depois dos Metallica os Mastodon deram o concerto do dia, e foi pena terem actuado tão cedo. Primeiro porque a luz do dia tira um pouco de magia à pesada actuação, depois porque muitos foram os que ainda estavam da parte de fora do recinto à espera de entrar, tal era o tamanho das filas! Mesmo assim os americanos disfrutaram de uma plateia muito bem composta por fãs conhecedores que foram brindados por uma grande performance a pedir regresso em concerto próprio.

Para a história fica uma excelente noite dos Metallica, e uma grande enhente neste primeiro acto do 13º Super Bock Super Rock.

SBSR DIA 1: Primeiras impressões

Neste momento actuam os Stone Sour. A primeira nota de destaque neste arranque do 13º Super Rock Super Bock vai para a enorme afluência de público ao Parque Tejo! Esperam-se mais de 40 mil pessoas para esta primeira noite, e desde as 18h que o recinto está muito bem composto.
A segunda nota é para dizer que este ano só há um palco o que faz com que os concertos comecem mais cedo, e haja mais intervalos entre cada actuação.
O concerto dos Mastodon foi poderoso e será recordado como um dos melhores deste festival. Apesar do intenso sol, e de ser ainda relativamente cedo para quem trabalha, por exemplo, a banda tinha uma imensa legião de fãs completamente rendida à sua actuação. Corresponderam a todas as expectativas e assinaram um concerto que soube bem, mas a pouco. É de os trazer em nome próprio em espaço mais adequado.
Para trás tinham ficado as actuações dos Men Eater, More Than a Thousand, e The Blood Brothers.
Entretanto os Stone Sour acabaram a sua actuação muito bem recebida pelos milhares de festivaleiros em frente ao palco, mas foi um concerto já com algumas canções a puxar para a balada. Coisa para a malta mais novinha, portanto.
Segue-se o homem da guitarra Joe Satriani.

Para verem mais fotos do Festival é seguir o link: Blitz

SBSR DIA 1 - Antevisão e Destaques

É um primeiro dia em tons de negro, adivinhando desde já as tonalidades das vestimentas dos festivaleiros para este arranque em formato rock mais pesado.
Os Stone Sour devem ser bem recebidos por uma quantidade apreciável de fãs, numa altura em que andam a divulgar "Come What(ever) May Special", podem ver e ouvir extractos no neste videoclip. Às 19h40 em palco.

Também Joe Satriani será aclamado neste seu regresso a Portugal. O lendário guitarrista , 10 milhões de discos vendidos e 13 nomeações para Grammys, está em ano de comemoração do 20º aniversário de "Surfing With The Alien", e será o último a subir ao palco antes dos Metallica.

A segunda banda mais esperada desta noite são os Mastodon! Uma caso raro de unanimidade entre crítica e fãs que os aclamam como os grandes embaixadores do heavy metal actual. Tidos como fazedores de som para homens de barba rija, atingiram o auge ao 3º disco "Blood Mountain" que correspondeu a todas as expectativas criadas à sua volta desde o lançamento de "Eviathan Leviathan ". No entanto o facto de terem assinado este último disco por uma multinacional custou-lhes algumas críticas dos fãs mais fundamentalistas.
Ao vivo continuam a convencer tudo e todos, por isso o facto de irem subir ao palco ainda com a luz do dia e de actuarem às 19h é capaz de lhes tirar algum brilho. De qualquer maneira é concerto a não perder.
Aqui fica um aperitivo: Mastodon - Capillarian Crest

Dos Metallica espera-se um grandioso espectáculo de preferência mais perto do que fizeram em Alvalade, e mais longe do que vimos no Restelo e no Rock in Rio. Queremos os grandes temas da década de 80, queremos um grande concerto se fazem favor.
Este será o primeiro concerto da Sick of the Studio Tour '07 que terá um site particular. A boa notícia é que já no fim de semana podemos comprar online o concerto que vamos ver hoje à noite no Super Rock. Assim valha a pena a compra.

África Festival Arranca Hoje na Torre de Belém

Música do mundo para todos de borla no relvado junto à Torre de Belém. É o África Festival a dar os primeiros concertos já hoje à noite com a cabo verdiana Mayra Andrade, e os Músicos do Nilo do Egipto, claro.

Até sábado há mais para ver:

Torre de Belém | 22H00

28 Junho

Mayra Andrade (Cabo-Verde)

Músicos do Nilo (Egipto)

29 Junho

Paulo Flores (Angola)

Bassekou Kouyaté & Ngoni Ba (Mali)

30 Junho

Sally Nyolo (Camarões)

Baaba Maal (Senegal)

Pág. 1/9

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

grandes sons de 2017

agenda

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D