Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Grandes Sons

Um pouco de música todos os dias. Ao vivo, em vídeo, discos, singles, notícias, fotos. Tudo à volta do rock e derivados.

Grandes Sons

Bar Left, 1 Ano de Vida

Hoje à noite festa de aniversário pelo primeiro ano de vida do bar em Santos. Noite com vários Dj's a espelhar as actividades daquele espaço nos últimos 12 meses.
Muito boa música passou por ali, e o Left já é ponto de passagem obrigatória na noite lisboeta. Sempre bem recebidos pelo Jorge e restante malta da casa.
Parabéns, e até logo (assim permita esta gripe tramada).

Beyoncé em Portugal

Quem sabe por inspiração da bela capa da Blitz, exposta mais abaixo, hoje há a notícia de concerto da senhora entre nós. Em 2007, mas vai valer a pena esperar.

No site do Disco Digital:

A data é avançada pelo site oficial da artista, que se desloca ao Pavilhão Atlântico, Lisboa, a 24 de Maio.

A estreia da ex-Destiny´s Child no nosso país insere-se na digressão europeia de promoção ao álbum «B´ Day», o segundo disco a solo de Beyoncé.

Hoje Inominável @ Incógnito


Inominável é a alcunha usada pelo Dário no Fórum Sons. O Dário é um dos gajos mais porreiros que conheci nos últimos anos, um madeirense em Lisboa que adora música, tem um BLOGUE copos, e trata bem os amigos. Aqui fala-se da grande festança que vai acontecer logo no bar Incógnito onde o Dário vai estrear-se nos pratos com DJ.
Apareçam, ele merece e a partir da meia noite o homem faz anos.

Liars e deerhunter @Club Lua

A música faz bem ao corpo e à mente, ou a ironia de em poucas horas na mesma cidade dois espectáculos resultarem em emoções totalmente opostos. Qualquer uma destas teorias poderia servir de introdução a um pequeno texto descritivo do que foi a passagem dos Liars pelo Club Lua.
Mas é mas elementar justiça que se comece pelo óbvio, os Liars voltaram a dar um soberbo concerto em Lisboa. (ao que parece no Porto também foi bom)
Mesmo para o mais mal disposto sujeito presente naquela sala, consequência de uma ida à Luz ve o tal outro espectáculo noutro lado da cidade, é impossível não embarcar na loucura que os Liars disfarçam na sua música.
É tudo tão simples, tão crú, e ao mesmo tempo tão absorvente. As batidas tribais de Julian Gross, as diabruras de Aaron Hemphill entre sintetizador, gitarra e microfone, e a teatralidade, entrega, e olhares enfeitiçados de Angus Andrew, um vocalista realmente, e literalmente possuído.
O som sai hipnótico, cadente, cheio, e por vezes brutal. Sonoridades que vão ao encontro da voz, e dos gritos alucinados de Angus. Ou será o contrário?
Tudo muito bom, tudo muito rápido, o tempo vôa e chegamos a uma recta final de concerto totalmente arrasadora, a que nem faltou ver Angus Andrew com vestido de senhora. Encarnado. Ora bola, a cor é que podia ter sido outra, esta faz logo lembrar o equipamento daquela equipa treinada por uma espécie de homem enfeitiçado, capaz de espalhar o mal pela imensa legião de seguidores da águia. Como eu. Saí da Luz envolvido no bruxedo vindo do banco de suplentes, atirado pelo homem da gravata, mas no Club Lua encontrei o trio curandeiro que espante todos os males. Com música. E espantam bem.
Um grande concerto que acabou com uma excelente versão dos Nirvana.

A primeira parte não foi uma mera formalidade. O Luís Bento já tinha avisado no Triângulo Escaleno do último domingo que os Deerhunter iriam ser uma boa surpresa.
E foram. Um vocalista feito quase só de pele e osso agarra o concerto como se fosse a última coisa que iria fazer na vida. Canta, grita, e dá sentido a todo o rock que os Deerhunter apresentam. Convincente, e bom!

Pág. 1/5

redes sociais

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

grandes sons de 2017

agenda

Mais sobre mim

foto do autor

Links

actualize-se

Festivais

  •  
  • sirva-se

  •  
  • blogues da vizinhança

  •  
  • músicas do mundo

  •  
  • recordar João Aguardela

  •  
  • ao vivo

  •  
  • lojas

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D